A crônica de Walcyr Carrasco: uma análise estilítica

Marlon Basso da Silva, Laurindo Dalpian

Resumo


No presente artigo, investigam-se os recursos estilísticos utilizados nas crônicas do jornalista Walcyr Carrasco, por meio de uma análise fundamentada na metáfora. É fruto de uma pesquisa bibliográfica, a partir de renomados autores, tais como: Paul Ricoeur, Massaud Moisés, Evanildo Bechara, entre outros. A pesquisa foi realizada a partir de cinco crônicas, extraídas aleatoriamente, do livro "O golpe do aniversariante e outras crônicas", publicadas em 1996. A metáfora, na forma literária, expressa uma idéia valendo-seda transferência do significado de um termo para outro. A comparação, a analogia ou a semelhança são recursos que se incluem nas figuras de pensamento, caracterizando—se por denominar representações para as quais não se encontra um termo denotativo mais adequado. A pesquisa foi válida, considerando-se a importância da obra do cronista Walcyr Carrasco para a literatura infanto-juvenil, no intuito de despertar o interesse dos leitores pela produção literária dos novos autores de nossa literatura.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.